logo oficina da inteligência

Quais as boas práticas na relação entre pais e professores?

relacao-entre-pais-e-professores

A relação entre pais e professores influencia diretamente no processo de aprendizagem: quanto mais próximos – e dedicados – maior e melhor o desenvolvimento. Uma pesquisa do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), inclusive, revelou que alunos que têm pais presentes na vida escolar possuem um desempenho melhor.

Os dados reforçam a tese de que família e instituição de ensino devem sempre caminhar lado a lado e estar em constante sintonia. Afinal, o objetivo, no fim do dia, é um só: o pleno desenvolvimento infantil.

Contudo, embora a participação da família na vida escolar das crianças seja essencial, esta ainda não é uma realidade em todo o território nacional – especialmente em escolas públicas. De um lado, os pais deixam de se envolver por falta de tempo ou porque, simplesmente, não enxergam suas demandas acolhidas pelos gestores; do outro, as escolas pecam pela falta de diálogo. E como resolver esse imbróglio?

 

Como trabalhar a relação entre pais e professores?

As crianças passam por diversas fases e experiências. Nesse sentido, partindo do princípio de que elas estão em constante movimento, o alinhamento de expectativas e a boa relação entre pais e professores tornam-se indispensáveis para uma educação de maior qualidade.

As vantagens, inclusive, são muitas para os dois lados: os pais conseguem acompanhar a rotina e o desenvolvimento da criança, enquanto a escola oferece conhecimento e insumos para o crescimento de um ser humano integral. Da mesma forma, há um fortalecimento natural do vínculo e do respeito mútuo.

Mas, ainda que a boa relação entre pais e professores contribua efetivamente para o desenvolvimento dos alunos, da Educação Infantil ao Ensino Médio, esse comportamento ainda não é uma realidade natural.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para estreitar o relacionamento:

Estabeleça o diálogo

As interações familiares, bem como os hobbies e as atividades recreativas, potencializam o aprendizado. O contrário também é verdadeiro, uma vez que a experiência dentro da sala de aula influencia diretamente a relação entre pais e filhos.

Por isso, é essencial que as instituições de ensino, os professores e a família estejam em sintonia e estabeleçam uma boa comunicação. Seja por meio de rodas de conversa, reuniões abertas ou encontros individuais, essas situações são necessárias para entender o momento acadêmico dos estudantes, mas também para observar o que acontece na instituição de ensino.

É uma oportunidade também para que os professores consigam entender a vida da criança da porta para fora – e, eventualmente, como isso pode impactar dentro da sala de aula. Não são raras as vezes, por exemplo, em que o aluno apresenta desafios de sociabilidade por problemas dentro de casa.

Faça um acompanhamento diário

As escolas geralmente realizam reuniões bimestrais ou semestrais para entregar relatórios ou dar um overview do desempenho do aluno. Mas, o que poucos sabem é que não é preciso esperar que as reuniões sejam marcadas.

O acompanhamento pode e deve ser próximo e diário, de modo que é essencial que a escola esteja sempre de portas abertas.

Faça perguntas

Você deve ter percebido que o diálogo é essencial para estabelecer uma boa relação entre pais e professores. Muitas pessoas, no entanto, têm medo de fazer perguntas aos profissionais – indo na contramão do que é aprendido em sala de aula.

É extremamente importante para os pais entenderem como seu filho se comporta na escola e o que ele mais gosta de aprender. Por isso, seja durante a reunião ou em uma conversa informal, é importante priorizar a curiosidade e fazer perguntas que possam auxiliar a tomada de decisões.

LEIA MAIS: Baixo rendimento escolar: o que fazer?

pais-e-professores

Estabeleça um bom canal de comunicação

Estar disponível e aberto para conversas é meio caminho andado. Afinal, pais e professores devem estar preparados para conversar sempre que for necessário, em prol do desenvolvimento das crianças.

Nesse sentido, a tecnologia, sem dúvidas, é uma grande aliada. Atualmente, existem inúmeras ferramentas que permitem estabelecer uma relação entre pais e professores muito mais próxima, como portais educacionais, grupos de WhatsApp e linhas de transmissão.

Participe das atividades propostas

As escolas geralmente realizam algumas atividades extracurriculares durante o ano. De feiras de ciência e tecnologia a festas comemorativas, a participação da família é imprescindível para que a relação se fortaleça.

Da mesma forma, é uma maneira dos pais incentivarem seus filhos a participarem das ações de um jeito genuíno, explorando as relações interpessoais – especialmente com colegas e professores.

E para você, qual é a melhor forma de estabelecer uma relação entre pais e professores?

LEIA TAMBÉM: Como alfabetizar meu filho em casa?

 

Acompanhe as melhores dicas sobre aprendizagem infantil!

Facilitar o processo de aprendizagem infantil, capacitando pais e profissionais, é o objetivo da Oficina da Inteligência. Fundada pela psicopedagoga Carla Silva e pelo coach Willian Moreira, a plataforma visa transformar as relações humanas e melhorar o processo de ensino oferecendo treinamentos a professores.

Com uma visão 360°, o site oferece também aos pais todo o conhecimento necessário para que possam participar desta jornada de conhecimento e desenvolvimento. Entre em contato!

Gostou do conteúdo? Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Telegram

Mais conteúdos

Preencha seus dados abaixo e seja VIP:

(Leva menos de 1 minuto) ☺️