logo oficina da inteligência

Como a relação entre professor e diretor impacta o ensino dos alunos?

relacao-entre-professor-e-diretor

A boa relação entre professor e diretor é indispensável para a dinâmica de ensino e um processo de aprendizagem mais leve e eficiente. Assim como acontece em outras áreas do conhecimento, na comunidade escolar a boa comunicação é a base de tudo.

Essa relação tende a ser ainda mais importante nesse cenário, inclusive, uma vez que quando há afinidade entre as partes, o engajamento, o entrosamento da equipe e o compartilhamento de informações e experiências fluem com mais facilidade.

Da mesma forma, essa relação mútua de confiança permite uma gestão mais transparente, que, no fim do dia, ajuda na tomada de decisões em relação a conflitos e minimiza os problemas em relação à dificuldade de aprendizado.

 

Por que estimular a relação entre professor e diretor?

O estudante deve ser tratado como protagonista no ambiente escolar. E não há dúvidas disso. E esse pensamento não impede, no entanto, que a relação entre professor e diretor seja trabalhada diariamente. Pelo contrário!

Para garantir que os alunos se desenvolvam e tenham autonomia, comprometimento e curiosidade para construir o seu conhecimento, os dois profissionais devem trabalhar em conjunto.

Quando isso acontece, é visível uma melhora no desempenho dos alunos, uma vez que é possível traçar estratégias de ensino mais criativas, coerentes e inovadoras. O trabalho em conjunto também evita que uma parte ou outra se sinta sobrecarregada e não dê a atenção adequada a determinadas situações.

Além disso, é comum que pais e responsáveis se sintam mais confiantes na instituição de ensino quando enxergam valor nessa relação e entendem que há um alinhamento de cultura.

LEIA MAIS: Como fazer planejamento de aulas com base na neurociência?

 

Relação entre professor e diretor: como estimular ou construir essa relação?

Para que a boa convivência entre professor e diretor traga resultados positivos para ambos e para pais e alunos, é preciso que haja uma construção – ou reconstrução, em alguns casos. Isso significa que o diretor deve vivenciar o dia a dia da escola e se fazer presente na rotina dos alunos. Seja no intervalo entre as aulas ou durante as atividades extracurriculares, é importante que ele seja uma figura comum no pátio e na vida dos estudantes – a ponto de se sentirem à vontade em procurá-lo para buscar ajuda.

Esse processo, aliás, tem um outro mediador importante: o educador. Como os profissionais em cargo de gestão possuem diversas responsabilidades, do suporte pedagógico à administração e manutenção da relação com a comunidade, nem sempre conseguem estar presentes.

E cabe ao professor mediar esse processo. Afinal, ele é a pessoa mais próxima dos estudantes e muitas vezes é visto como uma figura central, sendo considerado o principal orientador no processo de ensino-aprendizagem.

Ao contrário do que se imagina, a relação entre professor e diretor não deve ser vertical ou pautada apenas pela hierarquia. O respeito às limitações de cada função é importante, mas é preciso ir além.

Na prática, os profissionais devem trabalhar de maneira alinhada, de modo que a parceria sempre prevaleça – em prol dos alunos e da comunidade escolar.

Mas como fazer isso?

Desde muito cedo ensinamos às nossas crianças sobre a importância da empatia e do trabalho em grupo. Além de ampliar o desenvolvimento de habilidades e valores, esta é uma forma de garantir que os alunos estejam preparados para viver em sociedade.

Entretanto, a temática nem sempre é considerada quando falamos de adultos, o que torna muitas vezes distante a relação entre professor e diretor.

Uma boa forma de aproximar os dois mundo é por meio de projetos, reuniões frequentes e troca de experiências e boas práticas. A vivência é a melhor escola e essas conversas podem ser enriquecedoras e colocar a instituição de ensino em um outro patamar.

LEIA TAMBÉM: Qual a função da psicopedagogia no processo de alfabetização?

 

Acompanhe as melhores dicas sobre aprendizagem infantil!

Facilitar o processo de aprendizagem infantil, capacitando pais e profissionais, é o objetivo da Oficina da Inteligência. Fundada pela psicopedagoga Carla Silva e pelo coach Willian Moreira, a plataforma visa transformar as relações humanas e melhorar o processo de ensino oferecendo treinamentos a professores.

Com uma visão 360°, o site oferece também aos pais todo o conhecimento necessário para que possam participar desta jornada de conhecimento e desenvolvimento. Entre em contato!

Gostou do conteúdo? Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Telegram

Mais conteúdos

Preencha seus dados abaixo e seja VIP:

(Leva menos de 1 minuto) ☺️