Como Ajudar Crianças com TDAH Sem Remédio

04 Maneiras de Ajudar Crianças com TDAH, sem usar Remédio.

Conheça 04 Maneiras Básicas de Ajudar uma Criança com TDAH.

Os diagnósticos de TDAH — Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade — são cada dia mais comuns. Pesquisa realizada nos EUA em 2011, revelou que por volta um número preocupante, por volta de 11% das crianças do país apresentava o transtorno, o que equivalia na época, ao alarmante número de 64 milhões de crianças. Dessas, cerca de 2 terços eram do sexo masculino.

Sem o tratamento adequados, os indivíduos apresentam chances muito maiores de tornarem-se adultos fracassados, segundo o estudo, correndo até mesmo o risco de se tornarem criminosos, ou pessoas violentas. São questões sérias demais, muitas vezes ignoradas pelos pais por causa dos efeitos colaterais dos medicamentos usados no tratamento do TDAH.

Os Medicamentos sempre serão a opção mais adequada para tratar o TDAH, e também necessária, até porque já foi provado que uma pessoa pode tomar os medicamentos a vida toda, se beneficiando com os resultados e praticamente sem efeitos colaterais.

Mas se você é pai, mãe e não se sente confortável com o uso de medicamentos, listamos abaixo algumas estratégias que com certeza vão ajudar bastante.

01 – Controle o TDAH através dos alimentos

A vantagem dos carboidratos complexos. A maioria dos indivíduos portadores de  TDAH, apresentam níveis baixíssimos de DOPAMINA e SEROTONINA que podem ser muitas vezes, melhorados através de mudanças noa hábitos alimentares. Por exemplo, uma dieta composta de carboidratos complexos pode aumentar os níveis de serotonina e melhorar inclusive o humor, assim como apetite, o sono e a disposição da criança.
Você pode encontrar os carboidratos complexos em, legumes verdes, raízes como a batata doce, feijão, vegetais com a folha verde escuro, abobrinha etc . Estas opções liberam a energia gradualmente e não de uma vez, como ocorre com os simples.

Não esqueça de Incluir proteínas. Para manter os níveis de Dopamina altos, é necessário incluir muita proteína em todas as refeições. Você pode encontrar proteína nas carnes, peixes, castanhas  e outros alimentos, como os legumes,  que são ótimas opções por também conterem carboidratos complexos.

 

 

O Zinco pode ser uma Grande Aliado contra o TDAH. Pesquisadores importantes afirmam que o zinco ajuda no controle da hiperatividade; ele é um mineral essencial que não de maneira alguma pode faltar na dieta do seu filho. Veja alguns exemplos de Alimentos ricos em Zinco: frutos do mar, aves e cereais fortificados. Vale a pena considerar a necessidade de usar suplementos, sempre com a supervisão de um profissional da área.  

 

Exclua os alimentos que Atrapalham. Existem alguns alimentos que são inimigos nessa batalha de controle do TDAH, Alguns até  podem piorar a situação. Segue uma lista do que deve ser evitado:

  • Açúcares refinados ou simples – doces, refrigerantes, etc. Eles criam picos de energia e serotonina. 
  • Gorduras ruins. Diminua os alimentos que tenham em sua composição qualquer tipo de  gordura trans e as frituras. No lugar desses alimentos inclua outros em ômega-3 como salmão, a sardinha, castanhas, abacate. Faça uso do óleo de côco e da manteiga.
  • Corantes alimentares, pois segundo vários estudos, ele estão de alguma forma associados aos sintomas do TDAH. 
  • Trigo, laticínios e alimentos processados; como estão presentes na maior parte da alimentação, pode ser difícil cortar todos ao mesmo tempo. Estudos sugerem, entretanto, que uma simples redução do consumo já pode ser útil.

02 – Uma psicopedagoga pode Ajudar Muito.

Procure uma Boa Profissional de Psicopedagogia. De preferencia alguém que seja especialista em TDAH, pois dentro da psicopedagogia existem vários tipos de especializações.

Um bom profissional vai fazer uma investigação completa, uma anamnese, para identificar todos os possíveis problemas que serão tratados posteriormente. As crianças com TDAH avançam bastante através de intervenções psicopedagógicas. Se você morar no Rio de Janeiro, eu indico o consultório do Grupo AMA – Veja o site deles www.psicoama.com

 

Estimule a socialização do seu Filho. Essa atitude pode salvar a vida do seu filho no futuro. Adultos portadores de TDAH sofrem muito por não terem aprendido a se socializarem na infância, e muitas vezes sofrem por causa disso, alguns entram até em depressão, sendo assim, é muito importante que você estimule o seu filho a fazer amigos e participar de grupos sociais.

  • Participe de Times ou grupos de escoteiros.
  • Encontre uma instituição para fazer parte e ajudar a comunidade fazendo algum trabalho voluntário
  • Não perca a oportunidade de fazer festas de aniversário e convidar os coleguinhas.

03- A sua casa é parte do processo, crie uma ambiente favorável.

Limite o tempo nos Jogos eletrônicos . Portadores de TDAH sentem muita dificuldade para se concentrar. Mas são capazes de ficar longos períodos concentrados em algo que os desafie e lhes de recompensas imediatas, e os jogos tem esse poder…O problema é que ao focar muito tempo nos jogos, outras atividades acabam prejudicadas. Seguem algumas dicas:

  • Mantenha a Tv desligada quando ninguém estiver assistindo.
  • Crie um ambiente silencioso na hora que a Criança estiver estudando
  • Use os jogos como recompensas para tarefas bem executadas.

Evite Iluminação forte. É fundamental ter uma iluminação adequada, principalmente nos locais de estudo. 

 

Evite Cheiros fortes, pois diminuem a capacidade de concentração. 

Tenha uma sistema organizacional estabelecido. Portadores de TDAH precisam de um sistema para se organizarem. Seguem algumas dicas:

  • Crie um Espaço para Brincadeiras onde a criança possa ter liberdade para “fazer sua bagunça”
  • É importante ter um sistema definido para guardar cada tipo de coisa.
  • Identifique os locais corretos por cores, se possível.
  • Materiais da escola devem ser guardados em local diferente dos brinquedos.
  • Deixe um cesto reservado para roupas sujas.
  • Estabeleça regras claras.

04 – O poder das Rotinas para um TDAH

Monte um cronograma, ter um plano para  seguir é bastante útil; criança vai ter a noção de onde deveria estar e o que deve realizar. 

Sempre use Lembrete, os portadores de TDAH se esquecem das coisa com facilidade.

Elogie Sempre. Todo mundo gosta de ser elogiado, mas os portadores de TDAH amam um elogio, isso melhora inclusive os níveis de dopamina.

  • Além dos elogios, recompense-a com presentes.
  • Crie um sistema de pontos, mas não seja tão rígido co seu filho, sempre crie situações para que ele pontue ou aprenda alguma lição importante quando não alcançar algum objetivo estabelecido.
Estimule sempre a Atividade Física. 
    • Os exercícios ajudam a desenvolver várias habilidades necessárias, como atenção, foco, compromisso com um objetivo e ajudam a liberar a dopamina, que como falamos anteriormente é fundamental no processo.

A hora do sono deve ser Sagrada. Existe muitos estudos que comprovam a importância do sono para ajudar no controle dos sintomas do TDAH em crianças. Meia hora de sono pode ajudar bastante no rendimento do dia seguinte.

Seja um Parceiro da Escola. 
  • Troque uma ideia com os professores
  • Leve um laudo de um médico, para que seu filho tenha direito as adaptações que os portadores de TDAH precisam para não serem prejudicados na hora das avaliações.
  • Busque Ajuda especializada e esteja pronto para ajudar no que estiver ao seu alcance, mas lembre de cobrar os seus direitos.

Use a disciplina Com MODERAÇÃO pois muitas das atitudes de seu filho são causadas por que ele é diferente. 

  • Seja consistente e seguro, se estiver num momento de nervosismo extremo, não tome nenhuma atitude.
  • Aja com seriedade e Amor.
  • Mantenha a calma.

Dicas importantes! 

  • o TDAH de seu filho não é sua culpa, mas você pode ajudar
  • Aceite seu filho com ele é!

Recomendo alguns sites que podem te ajudar bastante

 

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.